Hemose registra 145 doações de sangue na quinta e sábado do feriado da Semana Santa

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizou no feriado da Semana Santa 195 cadastros, com um saldo de 145 doações de sangue. Os dados relativos aos dias 18 e 20, quinta e sábado são resultantes de iniciativas de voluntários fidelizados, além das campanhas da academia Naja Fight Team e da Igreja Adventista do Sétimo Dia, para manutenção do estoque de sangue e hemocomponentes destinados ao atendimento da demanda transfusional da rede hospitalar do Estado.

A gerente de Ações Estratégicas, Rozeli Dantas avaliou o resultado das doações como positiva, pelo apoio de parceiros e de doadores regulares ao serviço. “Nos feriados percebemos o envolvimento tanto da comunidade como dos grupos que agendam as suas doações para colaborar com o serviço aqui no hemocentro. Estamos satisfeitas porque unimos os esforços de todos os setores, captação, coleta e produção para manter os estoques de todos os grupos sanguíneos abastecidos”, destacou.

Dentre os parceiros do feriadão os atletas de artes marciais que retornaram ao Hemose para apoiar a causa. “Realizamos a primeira doação e percebemos a importância de ajudar. Hoje retornamos com outros alunos que se interessaram em doar. A nossa proposta é fazer o convite para que a turma possa está se revezando a cada quatro meses para vim ajudar a salvar vidas e incentivar outras pessoas a fazer o mesmo”, explicou o professor Cleber José Polipo.

No grupo da igreja Adventista, os doadores Elton Hugo Araújo Santos e a fisioterapeuta, Raiany Oliveira Santana também participaram da ação no sábado, dia especial em que os membros da congregação realizam ações sociais e pregam a palavra. “Quem doa sangue uma vez entende que esse é um compromisso que precisa ser praticado com frequência”, disse Araújo. “O sangue é vida e Deus ensina que devemos amar ao próximo como a ti mesmo”, completou Raiany.

Através da doação de sangue é possível atender até quatro usuários assistidos na rede hospitalar com indicação para realização da transfusão de sangue.  Dentre eles, pacientes  com leucemia, em tratamento oncológico, renal crônico, portadores de leucemias, cirurgias de grande porte como, cardíacas, ortopédicas, ginecológicas, além de portadores de doenças hematológicas, a exemplo, da anemia falciforme.

Serviço

Para ser um doador de sangue é preciso estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50 quilos, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento assinado pelos pais ou responsável legal. O documento está disponível para download no site do Hemose: www.hemose.se.gov.br. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.