Missa no Lacen homenageia mães servidoras

Uma missa realizada na manhã desta sexta-feira, 17, no Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) finalizou as celebrações relativas ao Dia das Mães da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH). O ato cristão faz parte da promoção e integração entre os servidores realizada pela Coordenação de Gestão do Trabalho (Coget) da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) em datas festivas do ano.
Durante a missa o padre Givanildo dos Santos, falou da importância da figura materna para as famílias e do período Pascal em que o cristão vivencia a alegria da vida. “A palavra do evangelho nos faz refletir numa passagem bíblica quando Jesus disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vidas”. “Hoje estamos celebrando a missa para todas as mães do Lacen, onde homenageamos Nossa Senhora mãe de Jesus, temos que lembrar que não existe caminho feliz sem a presença de Deusa em nossas vidas”, ressaltou.
A diretora geral da Fundação Parreiras Horta, Lucia Déda destacou a importância de celebrar a data, durante a leitura da mensagem das mães acompanhada da filha, Maria Clara. “Festejar o dia das Mães é mostrar a importância de todas as servidoras e servidores da instituição. Quero reiterar meu compromisso de está próximo de todos vocês, para ter esse contato que é tão importante para gestão e, principalmente para prestação dos serviços ofertados pelo Lacen, Hemose e o Serviço e Verificação de Óbitos”, salientou.
“Essa missa tem essa simbologia de reconhecer a importância das mães servidoras na vida de cada um de nós. O Lacen assim como toda a gestão da fundação, na presença dos seus diretores, abraça cada uma das mães aqui presentes, desejando muita felicidade a todas”, comentou o superintendente do Laboratório Central, Cliomar Alves dos Santos.
As servidoras, Patrícia Barroso Ribeiro, coordenadora do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), é mãe de Nilton Junior e Meirivan Lapa, da coordenação de Gestão do Trabalho, mãe  de Matheus e Marianne. Elas consideraram o evento religioso uma oportunidade de celebração com todos os colegas. “Somos filhas e mães. Esses momentos são importantes para integração de todos”, afirmaram.