Militares do 28º BC realizam doação de sangue em alusão ao Dia da Infantaria

O Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) recebeu um grupo com 40 recrutas do 28º Batalhão de Caçadores (BC) do Exército Brasileiro que colaborou com o serviço de doação de sangue. A ação além de reforçar os estoques da unidade tem como intuito marcar o Dia da Infantaria celebrado nesta sexta-feira, 24.
Conforme a gerente de Ações Estratégicas, Rozeli Dantas, o apoio de voluntários e parceiros fidelizados ao serviço é essencial para manutenção do estoque de sangue da unidade. “Os militares de forma geral são parceiros da doação de sangue. E hoje de forma especial temos a doação feita por um público de jovens que estão prestando serviço militar”, destacou ao explicar que o sangue coletado na unidade atende a Hemorrede Estadual, composta pelos hospitais e maternidades da rede pública e convênios da rede privada.
A proposta da instituição militar é incentivar a doação de sangue como um ato regular e de responsabilidade social. “Sempre que os profissionais do Hemose entram em contato com o batalhão o comando pede voluntários para prestar esse apoio à causa e contribuir com a sociedade”, disse a sargento Andressa.
Paulo Sergio Campos Vasconcelos é recruta e doador de sangue regular. Para ele a ação da instituição militar é bastante. “A doação é importante estamos aqui praticando a solidariedade”, disse. O Recruta Gabriel Acioli palmeira Rabelo, efetuou a primeira doação de sangue. “Vim participar e agora entendi como é importante e simples”, comentou.
Critérios
Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e apresentar documento oficial com foto, válido em todo território nacional. No dia anterior a doação de sangue é preciso dormir pelo menos 6 horas, e não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecede o procedimento. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.