O entendimento do que representa a doação de sangue serve de incentivo para a prática frequente do ato de doar. As colaboradoras Jeniffer Vasconcelos e Debora Alves, do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) que integra a Rede Estadual de Saúde, esperam três meses, período regulamentado pela legislação, em que o público feminino pode realizar cada doação.
 
De acordo com relato das profissionais, o estimulo para doação partiu de exemplos na própria família e da solidariedade para ajudar o tratamento de pacientes que precisam de transfusão sanguínea nos hospitais. “Todos da minha família são doadores de sangue, então ao completar 18 anos, também resolvi ser doadora regular de sangue”, conta Jeniffer Vasconcelos, do laboratório de Imunohematologia do Receptor.
 
Já a doadora Debora Alves que trabalha do serviço ambulatorial do Hemocentro de Sergipe, decidiu que queria ajudar. “Minha motivação foi à importância do serviço e saber que tem tantas pessoas que precisam”, ressalta a técnica ao acrescentar que o trabalho atendendo aos pacientes e doadores é outro estimulo.
 
Conforme dados da gerência de Captação o serviço trabalha para fidelização da doação regular, que cumpre os intervalos de dois a três meses para homens e três a quatro meses para mulheres. “Esse doador ou doadora, geralmente são pessoas que tem hábitos saudáveis, um fator bastante positivo, em função das análises sorológicas realizadas no sangue antes de sua liberação, não detectar a presença de vírus de doenças transmissíveis pelo sangue”, explica a enfermeira Florita Aquino, gerente de Coleta do Hemose.
 
Ela lembra ainda que como forma de preservar os novos doadores os líderes e coordenadores de grupos são orientados sobre os critérios básicos para doação de sangue. “Sempre recomendamos que o doador esteja bem alimentado, evitando alimentos gordurosos quatro horas antes do procedimento, que faça um repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação, também é importante evitar ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e fumar por pelo menos duas horas antes de doar”, alerta.
 
Doação de sangue
 
Estão aptos a doar sangue candidatos em bom estado de saúde, idade entre 16 a 69 anos, peso acima de 50 quilos. Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original, com foto, válido em todo território nacional. Mais detalhes sobre o serviço de doação através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Jeniffer VasconcelosJeniffer Vasconcelos

Sala de Coleta do HemoseSala de Coleta do Hemose

Debora AlvesDebora Alves